Home Page Image




De:
Para:












BAIXE SEU DISCADOR 3G

Clique para baixar discadores 3G disponíveis para sua operadora. Clique para baixar discadores 3G disponíveis para sua operadora.
Clique para baixar discadores 3G disponíveis para sua operadora. Clique para baixar discadores 3G disponíveis para sua operadora.












Page Rank












 


NOVIDADE

RECARREGUE SEU PRÉ-PAGO ON LINE SEM SAIR DE CASA

ESCOLHA SUA OPERADORA

Clique e faça sua Recarga On Line Agora mesmo !!! Clique e faça sua Recarga On Line Agora mesmo !!! Clique e faça sua Recarga On Line Agora mesmo !!! Clique e faça sua Recarga On Line Agora mesmo !!!

DICAS PARA PLANOS PRÉ-PAGOS (FIXO ou CELULAR)


 

TECNOLOGIA 1G

Os celulares de primeira geração ou 1G são analógicos, já que enviam a informação sobre ondas cuja forma varia de forma continua. Estes somente podem ser usados para comunicação por voz e têm uma qualidade de ligação altamente variável devido à interferência. Outra desvantagem é a baixa segurança que proporcionam, já que é relativamente simples escutar ligações alheias através de um sintonizador de rádio assim como a usurpação de freqüência podendo creditar as ligações na conta de um terceiro. O padrão 1G AMPS é ainda o mais popular nos Estados Unidos embora não se utilize em nenhum outro país. Além da AMPS, existem outras tecnologias 1G, como a DECT, que foi muito utilizada na Europa no início das tecnologias celulares.

TECNOLOGIA 2G

A telefonia móvel de segunda geração (2G) não é um padrão ou um protocolo estabelecido, é uma forma de nomear a mudança de protocolos de telefonia móvel analógica para digital. A chegada da segunda geração de telefonia móvel foi por volta de 1990 e seu desenvolvimento deriva da necessidade de poder ter um maior número de ligações simultâneas praticamente nos mesmos espectros de radiofreqüência aplicados à telefonia móvel. Foram então introduzidos protocolos de telefonia digital que além de permitir mais conexões simultâneas com a mesma largura de banda, permitiam integrar outros serviços, que anteriormente eram independentes, no mesmo sinal, como o envio de mensagens de texto (SMS) e capacidade para transmissão de dados entre dispositivos de fax e modem. 2G abarca vários protocolos distintos desenvolvidos por várias companhias e incompatíveis entre eles, o que limita a área de uso dos celulares às regiões com companhias que deram suporte:

GSM - (Global System for Mobile Communications)

TDMA - Cellular PCS o IS-136 (conhecido também como TIA/EIA136 o ANSI-136) Sistema regulado pela Telecommunications Industy Association ou TIA

CDMA - (Code Division Multiple Access)

D-AMPS - Digital Advanced Mobile Phone System

PHS - (Personal Handyphon System) Sistema usado inicialmente no Japão pela companhia NTT DoCoMo com a finalidade de ter um padrão focado mais para a transferência de dados do que o resto de padrões 2G.

TECNOLOGIA 2.5 G

A banda 2,5G é a segunda e meia geração de padrões e tecnologias de telefonia móvel. É considerada o degrau de transição entre as tecnologias 2G e 3G, embora o termo "2,5G" tenha sido definido pela mídia, e não oficialmente pela União Internacional de Telecomunicações (UIT). Esse termo foi criado na verdade para descrever serviços de transmissão mais rápida de dados (banda larga) oferecidos ainda pela tecnologia 2G, como as tecnologias EDGE (para o padrão GSM) e 1xRTT (para o padrão CDMA). A 2,5G tem velocidades superiores à 2G e, através de tecnologias de pacotes, permite um acesso à internet mais flexível e eficiente. Utiliza tecnologias como GPRS (General Packet Radio Service), EDGE (Enhanced Data for GSM Evolution), 1XRTT (primeiro degrau da migração CDMA2000) e HSCSD (High Speed Circuit Switched Data). O EDGE (também conhecido como 2,75G) é uma versão de maior banda do GPRS (e por isso muitos o chamam de E-GPRS), e permite velocidades máximas de até 384 Kbps.




Recargas Online e Cartões DDI





® © 1999 Vainow Tehcnology - Copyrigth by Vainow